Com Filipinho, Italo ou Medina, Brasil garante mais um título mundial de surfe

Com Filipinho, Italo ou Medina, Brasil garante mais um título mundial de surfe

Na próxima bateria no masculino, Filipinho vai enfrentar o também brasileiro Italo Ferreira


O Brasil garantiu por antecipação, nesta terça-feira, mais um título mundial masculino de surfe. Filipe Toledo superou Conner Coffin no Rip Curl WSL Finals e já garantiu a permanência do troféu no Brasil. A vitória do surfista veio nos últimos minutos da bateria, quando finalizou sua onda com um aéreo incrível e ganhou por 16,57 a 14,33 do americano.

Na próxima bateria no masculino, Filipinho vai enfrentar o também brasileiro Italo Ferreira, atual campeão olímpico e mundial. E quem passar da disputa entre os dois encara na final, em melhor de três baterias, o bicampeão mundial Gabriel Medina. Só para se ter uma ideia da hegemonia brasileira, nas últimas seis edições do Circuito Mundial, o Brasil conquistou quatro títulos.

“Eu me sinto incrível com essa vitória. Estou muito feliz, tem vários brasileiros aqui e acho que consegui transmitir essa alegria no meu surfe. Sabia que precisaria ter paciência e quando as ondas apareceram eu mostrei confiança. Tive sorte e fui abençoado em conseguir surfar bem a última onda”, comemorou Filipinho.

No feminino, Tatiana Weston-Webb também venceu a sua bateria e está na final do evento. Vai enfrentar a havaiana Carissa Moore em melhor de três também. Tati venceu a australiana Sally Fitzgibbons por 13,17 a 11,73 e avançou.

| IDNews® |Estadão Conteúdo | NMBR |Brasil|

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *