Coronavírus: comerciante é ameaçado para reabrir bar no Rio

Coronavírus: comerciante é ameaçado para reabrir bar no Rio

| IDNews® |Via Notícias ao Minuto |Brasil|

Bares e restaurantes foram fechados no Rio após um decreto do governador Wilson Witzel restringir o funcionamento

IDN/Polícia – RJ

Nesta segunda-feira (30), três homens foram presos após serem identificados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por ameaçarem um dono de bar a reabrir seu estabelecimento em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que está fechando por conta da quarentena para conter a pandemia de coronavírus. O estabelecimento estava encerrado por orientação da Polícia Militar, após um decreto do governador Wilson Witzel restringir o funcionamento de bares e restaurantes.

Segundo informações do jornal ‘Extra’, um grupo de pessoas ficou indignado com o fechamento do bar e decidiu pressionar o proprietário do comércio a reabrir.  Dois homens foram até o local escondidos sob capas de chuva e toucas ninja. Um deles carregava uma arma de pressão de cano longo, similar a uma arma de fogo.

O homem chamou pelo proprietário “dizendo ao mesmo para sair do bar e que não estava brincando, dizendo ainda que a vítima não iria abrir o bar no dia seguinte caso não atendesse a ‘ordem de reabrir’ naquele momento”. O homem ainda aponta a arma para a câmera. A vítima, assustada, não abriu mais o estabelecimento.

Ainda segundo o ‘Extra’, a Polícia Civil informou que três pessoas participaram da ameaça, que foi registrada na 61ª DP (Xerém) e os envolvidos foram detidos e, com eles, foi apreendida uma arma de pressão usada no crime.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *