Crise e dólar alto fazem oferta de voos entre Brasil e EUA despencarem

Crise e dólar alto fazem oferta de voos entre Brasil e EUA despencarem  
A redução afeta tanto os tanto voos operados por empresas brasileiras (Latam, Azul) quanto norte-americanas (American, Delta)
8:45| 19/06/2016
Crise na Aviação

Com a alta do dólar e a crise econômica, a oferta de voos entre o Brasil e os EUA caiu quase 40% nos últimos meses, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

De acordo com a agência, a redução afeta tanto os tanto voos operados por empresas brasileiras (Latam, Azul) quanto norte-americanas (American, Delta).

Segundo informações do G1, a redução no número de viagens reverteu o crescimento ocorrido a partir de 2011, quando os dois países assinaram um acordo bilateral de visto.

À época, as empresas aéreas brasileiras operavam 60 voos semanais entre Brasil e EUA e, as norte-americanas, 146. Após o acordo, os números chegaram, respectivamente, a 115 (junho do ano passado) e 210 (abril de 2014).

No entanto, hoje, as empresas brasileiras operam 72 voos semanais entre os dois países, queda de 37,4% em relação aos 115 de junho de 2015. Já as norte-americanas operam 130, redução de 38,1% na comparação com os 210 de abril de 2014.

Noticias

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *