Deputada indica emendas de R$ 16 milhões para cidades da microrregião de Araraquara

Deputada indica emendas de R$ 16 milhões para cidades da microrregião de Araraquara
Recursos contemplam 13 cidades e vão para infraestrutura urbana e saúde, em sua maioria
No total, a deputada apresentou 205 emendas à LOA 2017, contemplando prioritariamente infraestrutura urbana…

05DEZ2016| 16:16
 Assessoria Dep. Marcia Lia 

A deputada Márcia Lia indicou R$ 16.250.000 em emendas para as cidades da microrregião de Araraquara ao projeto de Lei 750/2016 do Orçamento Anual do Estado de São Paulo no Exercício 2017. Ao todo, são 17 emendas para 13 cidades e recursos para infraestrutura urbana e saúde.

“Nas minhas visitas às cidades do entorno de Araraquara, percebo uma grande dificuldade em obter recursos para zeladoria, e é um setor que sempre implica em muitos gastos por conta da própria manutenção, especialmente com relação a asfalto. Esses recursos são para ajudar os prefeitos a manter os municípios organizados, adequados. Já a saúde é sempre o setor que requer mais investimentos e sempre precisa de recursos, principalmente nas cidades de pequeno porte”, comentou Marcia Lia.

No total, a deputada apresentou 205 emendas à LOA 2017, contemplando prioritariamente infraestrutura urbana, Sistema Único de Saúde, Santas Casas e entidades assistenciais. Os valores chegam a R$ 382.525.000 e, destes, R$ 220 milhões são para saúde pública de forma geral.

INFRAESTRUTURA

A maioria das emendas na microrregião de Araraquara foi para apresentada para infraestrutura urbana. São 13 indicações que somam R$ 5,250 milhões.

As cidades de Motuca, Guatapará, Gavião Peixoto, Trabiju, Taquaritinga, Dobrada, Santa Ernestina, Fernando Prestes, Monte Alto e Vista Alegre do Alto aparecem com indicação no valor de R$ 250 mil cada.

Já a destinação para Boa Esperança do Sul foi no valor de R$ 350 mil, para Américo Brasiliense foi de R$ 400 mil e, para Matão, R$ 2 milhões.

SAÚDE

A área da Saúde tem duas emendas e o maior valor indicado na microrregião: R$ 7 milhões. Destes, R$ 4 milhões foram indicados para a Santa Casa de Taquaritinga e R$ 3 milhões foram para procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS) de Monte Alto.

REPRESA DO MONTE ALEGRE

O barramento da represa do Assentamento Monte Alegre e a reconstrução da ponte que liga os setores 2 e 4 também foram contemplados pelas indicações de emendas da deputada Márcia Lia ao LOA 2017.

“É uma obra muito importante para os assentados de Araraquara, Motuca e Matão. Sem esse acesso, a vida fica muito difícil e perde-se horas de deslocamento para passar de um assentamento a outro. As pessoas não podem ficar mais tempo nessa expectativa. O governador precisa olhar com bons olhos essa situação e atender a essa indicação”, comentou a deputada.

As emendas são de R$ 2 milhões cada, uma para a cidade de Motuca e outra para Matão. Araraquara também recebeu indicação de outros R$ 2 milhões para contribuir com essa obra.

A Lei Orçamentária Anual será votada nos próximos dias pelos deputados estaduais para que seja encaminhada ao Executivo Paulista.

idnews-usa_portal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *