Em nova vistoria apenas uma câmera de segurança.

Novo contrato de manutenção já está ativo, porém empresa ainda faz levantamento da situação dos equipamentos

Em nova visita ao Centro de Videomonitoramento, na Arena da Fonte, nessa sexta-feira, dia 6, os vereadores Juliana Damus (PP), Édio Lopes (PT), Donizete Simioni (PT) e Doutor Lapena (PP) verificaram que a situação das câmeras de segurança continua praticamente a mesma, com apenas uma câmera em operação.

No dia 28 de outubro, em vistoria também feita pelos vereadores, foi apurado que do total de 25 câmeras somente uma estava funcionando, duas estavam queimadas e quatro haviam sido encaminhadas para manutenção no representante autorizado, em Belo Horizonte (MG).

Segundo o guarda municipal Marcos Luiz Paschoal, gerente de monitoramento, o contrato com a nova empresa já está ativo, porém primeiro está sendo realizado um levantamento de todos os equipamentos.

“Estamos acompanhando esta questão de perto, pois o monitoramento por vídeo é importante para a segurança da população. Sabemos que este levantamento é importante, mas ainda não temos previsão de quando a nova empresa vai colocar as câmeras em funcionamento. Fomos informados que orçamento para a manutenção das quatro câmeras pelo representante autorizado seria inviável, pois gira em torno de oito mil reais”, relatou Juliana.  Segundo o gerente, “com este valor, conseguiríamos adquirir câmeras nacionais novas; o orçamento é inviável e não compensaria.’’

Édio, Simioni e Lapena questionaram o papel da antiga empresa responsável pelos equipamentos, e foram informados que a mesma não presta mais suporte técnico, devido ao término do contrato.

Devido às chuvas e temporais as câmeras perderam o sinal de rádio. Algumas tentativas de reiniciar o sistema foram feitas sem sucesso e com o fim do contrato antigo e o levantamento feito pela nova empresa contratada, o serviço está temporariamente sem técnicos para reparo.

Paschoal ressalta que a maioria das câmeras está funcionando, mas que não conseguem ser acessadas da sala de monitoramento por problemas no sistema de transmissão por sinal de rádio.

Os vereadores farão nova vistoria e esperam que a situação esteja resolvida, com as câmeras funcionando normalmente.

José Augusto Santilli

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *