Restaurado, piano centenário retorna à casa do Maestro Tescari, agora Escola de Música

Restaurado, piano centenário retorna à casa do Maestro Tescari, agora Escola de Música

IDNews|José Angelo Santilli

IDN/Cultura

Parte da história cultural de Araraquara foi resgatada esta semana, com o retorno do piano centenário que pertenceu ao maestro José Tescari à casa onde ele morou, localizada à Rua Carlos Gomes, nº 1116,  no centro de Araraquara.

Totalmente restaurado por iniciativa do neto de Tescari, o rotariano José Eduardo Delfino, o piano foi cedido agora para a Escola de Música “Maestro José Tescari”, instalada na casa onde o maestro viveu com família e compôs muitas de suas músicas nesse piano inglês Bentley.

José Tescari nasceu em Legnano, Itália, em 5 de julho de 1882. Estudou violino e harmonia com seu pai, Domingos Tescari, que era professor do conservatório de Gênova. Aos oito anos de idade fez seu primeiro concerto, tocando para o Rei Humberto I.

 Em 1894 radicou-se no Brasil, onde continuou seus estudos em Itu, no colégio São Luis. Atuou e lecionou nas cidades de Itu, Araraquara e Rio de Janeiro, mudou-se para Araraquara, onde fundou, em 1928, o Conservatório Dramático e Musical de Araraquara, uma das primeiras escolas do gênero do estado. Em 1943, fundou a orquestra sinfônica de Araraquara e em 1947 o quarteto de cordas.

Escola

A Escola de Música “Maestro José Tescari” foi criada e é dirigida por um grupo de amigos, com apoio dos clubes de Rotary de Araraquara, músicos voluntários da cidade e do vereador Jéferson Yashuda (PSDB). A inauguração da Escola deve ocorrer em breve, mas já foi montada uma primeira turma para um curso de férias. Os cursos são gratuitos e as inscrições já podem ser feitas no local às segundas-feiras, a partir das 14h30, ou pelo celular 99292-2033, com Marli. Um dos requisitos aos alunos será a frequência escolar regular.

Os músicos e professores voluntários da primeira turma da Escola João Portero e André do Pistão convidam os músicos interessados em participar de forma voluntária no projeto. “A escola está aberta aos amigos músicos que queiram doar parte do seu tempo e ministrar aulas na escola. Os músicos da cidade vão nos ajudar”, afirmam.

Presente ao ato da entrega do piano restaurado à escola, o empresário Valter Merlos, representando o Rotary Clube “Morada do Sol”,  agradeceu aos voluntários emprenhados no projeto. “Estamos vendo um sonho realizado com o retorno do piano à casa com esta finalidade tão especial de poder proporcionar a jovens que não têm condições financeiras o aprendizado de música”, disse.

Também presentes ao ato, o entusiasta do projeto Joel Aranha e José Eduardo Delfino, neto do maestro Tescari, se emocionaram com o retorno do piano centenário e a concretização do projeto da Escola de Música “Maestro José Tescari”.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *