Santa Casa busca parceria para custear melhorias nas instalações da Oncologia

Santa Casa busca parceria para custear melhorias nas instalações da Oncologia

| IDNews| Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara |

Projeto para captação de recursos foi apresentado à vereadora Juliana Damus

IDN/Interior/Araraquara

Referência em alta complexidade para 18 municípios da região, a Santa Casa de Araraquara busca apoio dos empresários para melhorar os equipamentos e humanizar os ambientes da Oncologia. O projeto para captação de recursos foi apresentado à vereadora Juliana Damus (Progressistas), na sexta-feira (26), pelo provedor da Santa Casa, Valter Curi Rodrigues, e pelo diretor de Assistência à Saúde, o médico André Peluso Nogueira. A parlamentar estava acompanhada de integrantes do Grupo Chá de Lenços Único, que apoia pessoas em tratamento de câncer.

Nos números divulgados pelo hospital, são mais de 600 mil habitantes atendidos, a maioria pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que embora satisfeitos com a qualidade do tratamento, queixam-se do conforto das instalações. “De fato, não escutamos reclamações do corpo clínico. O que os pacientes pedem é mais espaço na recepção e adequações na área externa, porque muitos chegam cedo, de outras cidades, e precisam aguardar em pé e sob o sol”, destacou Dorothéa Adriana Coutinho Pereira, do Chá de Lenços Único.

Para Juliana, se Araraquara quer um hospital de qualidade, toda a comunidade precisa se envolver. “A sociedade precisa se mobilizar e pensar comunitariamente, no bem comum”, enfatizou. A proposta da vereadora é divulgar a ideia junto à iniciativa privada.

 

Melhorias

Orçado em aproximadamente 89 mil, o projeto visa à adequação da recepção existente, que hoje tem apenas 35 lugares. O objetivo é ampliar as dimensões de forma a comportar mais poltronas, televisão e aparelhos de climatização. Com o recurso, as salas de quimioterapia e os consultórios também deverão passar por reforma, que prevê ainda pintura e substituição de vitrôs, cortinas e mobiliário.

Fora isso, em setembro, deverá ser inaugurada a nova Radioterapia, cuja expansão foi financiada pela iniciativa privada, para receber um novo equipamento de acelerador linear. De acordo com a Santa Casa, “a nova Radioterapia tornará o ambiente mais prático e confortável para acolher os pacientes e familiares com dignidade e humanidade”. Segundo dados do hospital, apenas em 2018, foram realizadas 9.411 consultas oncológicas, 10.263 sessões de quimioterapia e 13.524 campos irradiados.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *