Saúde, MP abre inquérito para representação de Edio Lopes

Saúde, MP abre inquérito para representação de Edio Lopes
Na Sessão Ordinária da última semana, o vereador chegou a utilizar da tribuna da Câmara Municipal para fazer um apelo à Prefeitura…

13DEZ2016| 18:16
Imprensa CMA

Para apurar as causas relacionadas à falta de medicamentos e materiais na rede pública de saúde da cidade, o Ministério Público da Saúde (MP) abriu inquérito civil público. A investigação foi aberta após representação feita, em julho, pelo vereador Edio Lopes (PT) junto ao MP, citando 93 itens que faltavam nas unidades públicas de saúde da cidade. Edio havia recebido diversas denúncias e reclamações em seu gabinete sobre a saúde pública em Araraquara, e também visitou diversas unidades para fazer um levantamento dos medicamentos em falta.

“Falta de tudo. Alguns diretores clínicos nos contaram que, por falta de medicamentos contra diabetes, houve um aumento drástico do número de amputações de membros inferiores; por falta de medicamentos de controle de pressão, aumentaram os pacientes infartados; por falta de anticonvulsivos, aumentaram as crianças com sequelas. E o problema não se limita a remédios. Também faltam itens básicos, como luvas, ataduras e agulhas”, apontou.

Na Sessão Ordinária da última semana, o vereador chegou a utilizar da tribuna da Câmara Municipal para fazer um apelo à Prefeitura: “Gostaria de usar este espaço, durante a última Sessão do ano, simplesmente para fazer votos de Feliz Natal e próspero ano novo aos cidadãos araraquarenses, mas, infelizmente, devo levantar um tema triste e urgente: a saúde no nosso município está em uma situação catastrófica”, denunciou o parlamentar.

De acordo com Edio, o prazo dado pelo MP para respostas por parte da Prefeitura já se esgotou, mas não há notícias sobre as providências.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *