SSP prevê 2ª DDM para Campinas ainda este ano, diz deputada Márcia Lia

SSP prevê 2ª DDM para Campinas ainda este ano, diz deputada Márcia Lia
Parlamentar esteve com secretário de Segurança Pública e novamente cobrou medidas para atendimento às mulheres vítimas de violência na cidade com mais de 1,2 milhão de habitantes

13.59| 26OUT2016
Assessoria de Comunicação da deputada estadual Márcia Lia

A 2ª Delegacia Seccional de Polícia de Campinas, onde funcionará a nova Delegacia de Defesa da Mulher deve ser inaugurada ainda neste ano. A informação é da deputada estadual Márcia Lia, que foi recebida pelo secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, em São Paulo, na terça-feira, dia 25.

A parlamentar, que vem acompanhando o caso desde o início deste ano, pediu ao titular da Pasta medidas para garantir acolhimento humanizado às mulheres vítimas de violência na cidade, que conta com mais de 1,2 milhão de habitantes. Esta foi a terceira reunião na Secretaria de Segurança Pública do estado para tratar do assunto desde o início deste ano.

“Quando fizemos a audiência pública na cidade de Campinas para debater a aplicação da Lei Maria da Penha, foi muito grande a manifestação de mulheres pedindo a intermediação do nosso mandato para instalação da 2ª DDM. Fico muito feliz em receber do secretário uma resposta positiva. Ele nos garantiu que a instalação será dentro de pouco tempo, facilitando a vida das mulheres que passarão a ter dois espaços de atendimento especializado”, afirmou a deputada, que coordena a Frente Parlamentar Nacional Mista em Defesa dos Direitos Humanos das Mulheres no estado de São Paulo e foi nomeada a 1ª Procuradora-Adjunta da Procuradoria Especial da Mulher, criada pela Assembleia em fevereiro de 2012.

O imóvel, no Jardim Londres, para instalação da DDM, já estava alugado pelo governo paulista no valor de R$ 60 mil mensais há dois anos. Para o funcionamento, faltava o mobiliário e a contratação de recursos humanos. Segundo Mágino, essas demandas já estão superadas e o órgão entrará em breve em funcionamento. “Fico extremamente feliz com essa notícia”, afirmou a deputada.

Márcia tem lutado por condições mais dignas no acolhimento às mulheres vítimas de violência de Campinas e região junto com o vereador Carlão do PT e a deputada federal Ana Perugini. A parlamentar tomou conhecimento em fevereiro deste ano sobre a precariedade do atendimento na única DDM existente até o momento na cidade, localizada no bairro Bonfim, que inclusive, é alvo de inquérito Civil no Ministério Público Estadual (IC 1637/13 SP) desde janeiro de 2013. Em abril, o problema foi tema de audiência pública realizada na cidade pela Frente Nacional Mista de Direitos Humanos das Mulheres, coordenada por Ana em nível federal e por Márcia, no estado de São Paulo.

Mesmo com a instalação da 2ª delegacia, a parlamentar avalia ser necessário continuar o trabalho por melhorias também no espaço da primeira DDM, para que se torne mais privativa e melhore as condições de atendimento às vítimas de violência. Essa foi uma das grandes queixas das mulheres e representantes de entidades durante audiência pública. “É inaceitável um município do porte de Campinas tenha até agora apenas uma DDM e com atendimento bastante precário. Precisamos melhorar a estrutura, os recursos humanos, o acolhimento especializado, e até mesmo a privacidade”, destacou.

idnews-usa_portal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *