5 alimentos que aceleram o metabolismo e ajudam na perda de peso

5 alimentos que aceleram o metabolismo e ajudam na perda de peso
Alimentação ajuda na regularização do sistema nervoso e no controle do emagrecimento

26SET2017|  9:21 - Nutrição - Foto: Reprodução

Além apenas da prática de exercícios físicos, alguns alimentos ajudam a acelerar o metabolismo, facilitando a perda de peso. Os termogênicos, por exemplo, são capazes de elevar a temperatura do corpo, aumentar o processo metabólico e o gasto calórico do organismo durante a digestão, resultando em uma queima de calorias e gorduras muito mais rápida.

De acordo com a Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, esses alimentos ainda asseguram a saúde e funcionamento do corpo. “O metabolismo fornece a energia que o organismo precisa para realizar determinadas funções, como respiração, circulação sanguínea e regeneração das células. A caloria dos alimentos que consumimos é combinada com oxigênio para liberar o combustível que o sistema precisa para seu funcionamento”, explica a especialista.

Segundo Cyntia, para um resultado mais efetivo, o ideal é manter uma dieta regrada seguida de uma atividade física, sempre com acompanhamento de profissionais. A nutricionista lembra que o metabolismo é influenciado por diversos fatores. “A genética, idade, sexo, peso e altura induzem diretamente as transformações que ocorrem no interior do nosso corpo. Por isso, pode haver variação de perda de peso de uma pessoa para outra”, finaliza.

A consultora da Superbom lista cinco alimentos que auxiliam a acelerar o metabolismo.

Amigos do coração:

– Peixes: ricos em ômega-3, possuem ação anti-inflamatória e também auxiliam na redução do colesterol ruim (LDL) e triglicérides e aumento do bom colesterol (HDL).

– Azeite de oliva: o tipo extra virgem reduz os níveis de colesterol ruim e aumenta o colesterol bom. Dessa forma, previne doenças cardíacas e aterosclerose.

– Aveia: o farelo de aveia é o alimento mais rico em fibras solúveis e com maior capacidade de diminuir o colesterol sanguíneo, reduzindo a absorção de colesterol e retardando a digestão das gorduras.

– Soja: possui efeito em reduzir os níveis de colesterol sanguíneo, pela ação das proteínas da soja e das isoflavonas, classe de substâncias vegetais que têm funções semelhantes ao estrógeno humano. As principais fontes são o feijão de soja, o queijo de soja (tofu), o molho de soja (shoyo), a farinha e o leite de soja, dentre outros.

– Suco de uva: os flavonoides presentes na uva podem agir como substâncias antioxidantes, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.

Vilões do coração:

– Sal: em grandes quantidades, pode elevar a pressão arterial, contraindo as artérias e consequentemente aumentando as chances de infarto e derrame, além de comprometer o funcionamento dos rins. Atenção aos alimentos industrializados e processados, sopas instantâneas, temperos prontos, salgadinhos de pacote, enlatados, conservas e defumados.

– Açúcares: o excesso de açúcar na alimentação pode levar ao aparecimento da obesidade e diabetes. Não exagere no consumo de doces, chocolates, refrigerantes, massas e pães.

– Gorduras saturadas, trans e colesterol: promovem o aumento dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue. Estão presentes na gordura animal, óleo e polpa de coco, dendê, banha, gema do ovo, frutos do mar (camarão, lula, marisco, polvo), vísceras (fígado, coração), leite e laticínios integrais, manteiga, queijos amarelos, frios e embutidos. Já as gorduras trans, aparecem em algumas bolachas recheadas, sorvetes cremosos, molhos prontos, folhados e alimentos com consistência crocante.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *