Dilma, testemunhem que eu não tenho cara de quem vai renunciar

Dilma, testemunhem que eu não tenho cara de quem vai renunciar, sobre o ex-presidente Lula, Dilma afirma que o pedido de prisão expedido pelo Ministério Público de São Paulo, ultrapassa o bom senso

A presidente Dilma Rousseff neste momento acaba de participar de uma entrevista coletiva de imprensa em Brasília. Dilma condenou o que ela chamou de “vazamento seletivo de informações”, referindo-se à delação de Delcídio, afirmando que nas mais de 400 páginas de depoimento do senador, apenas as que se referiam a ela foram divulgadas.

Sobre o ex-presidente, Dilma afirma que o pedido de prisão expedido pelo Ministério Público de São Paulo “ultrapassa o bom senso”. Ao ser questionada sobre se Lula assumirá uma pasta, a presidente disse que teria o maior orgulho de tê-lo no seu governo, uma vez que o ex-presidente possui muita experiência política, mas que não vai falar sobre o assunto. “Eu não discuto ministros com a imprensa”.

Questionada sobre aliados, Dilma afirma: “Sempre converso com todas as lideranças, o PMDB é um partido muito importante na minha base”. Ao ser perguntada pelos jornalistas sobre o ministro Nelson Barbosa, ela diz que é uma inevocável tentativa de enfraquecimento, “o ministro não está enfraquecido, não existe esta hipótese e críticas são normais, ou nós vivemos em uma democracia ou não vivemos”, declara a presidente.

Sobre a manifestação agendada para domingo (13), a petista solicita calma, “peço que não haja confronto, faço apelo às pessoas para que sejam capazes de se manifestar de forma pacífica. A manifestação é um momento importante no país, momento de afirmação democrática, e, por isso, não deve ser manchada por nenhum ato de violência”, conclui.

Ao final, a presidente declarou: “Testemunhem que eu não tenho cara de quem vai renunciar”.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *