Família é recebida a tiros ao chegar em casa na zona oeste de SP

Família é recebida a tiros ao chegar em casa na zona oeste de SP

| IDNews® | São Paulo | Folhapress | Via Notícias ao Minuto |Brasil|

Os atiradores haviam invadido a residência, em Alto de Pinheiros, quando o imóvel estava vazio, para furtar objetos e dinheiro

IDN – Polícia

Uma família foi recebida a tiros quando chegava em casa, por volta das 18h10 deste domingo (27), em Alto de Pinheiros, bairro de alto padrão na zona oeste da capital paulista. Os atiradores haviam invadido a residência, quando o imóvel estava vazio, para furtar objetos e dinheiro. Ninguém se feriu.

Um empresário de 58 anos afirmou à polícia que havia saído de casa, por volta das 17h, momento em que o imóvel ficou completamente vazio. Ele afirmou ter retornado ao local, acompanhado da mulher e filha, por volta das 18h45. Câmeras de monitoramento, no entanto, indicam que ele chegou à casa às 18h13.

Imagens do circuito interno da casa mostram a movimentação de quatro criminosos na garagem da residência. Todos seguravam malas, dentro das quais carregavam relógios e joias da família, além de 5 mil dólares, equivalendo a cerca de R$ 25.800, segundo a cotação da moeda norte-americana desta segunda-feira (27). Segundo a vítima, não foram encontradas marcas de arrombamento no imóvel.

Os ladrões abriram as portas de um dos três carros que estavam na garagem e começaram a carregá-lo com os objetos das vítimas. Isso aconteceu às 18h12. Cerca de um minuto depois, a porta automática da garagem abre e o empresário ingressa no local com sua BMW X3. Ao avistar os criminosos, a vítima da marcha a ré. Neste momento, segundo ele afirmou em depoimento, foram dados ao menos dois tiros pelos bandidos.

Outra câmera de monitoramento captou imagens da rua, onde havia um Audi Q3 preto, dando apoio ao bando que estava dentro da casa. Logo após o empresário fugir do local, o carro dos criminosos é manobrado e estaciona em frente à residência da vítima.

Do Audi um homem, usando camiseta e distintivo semelhantes ao da Polícia Civil, desembarca do banco do passageiro segurando um fuzil. Com a arma de grosso calibre, ele ainda mira na direção em que o carro do empresário seguiu e atira uma vez, enquanto o carro dos bandidos é carregado com objetos das vítimas. Após isso, a quadrilha foge.

Nenhum criminoso havia sido preso até a publicação desta reportagem. O caso é investigado pelo 14º DP (Pinheiros), onde foram registrados 914 roubos em geral, entre janeiro e junho deste ano, equivalente a cinco casos diários, considerando o período.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *