Justiça nega semiaberto a pagodeiro preso por morte de turista em 2017

 IDNews | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Divulgação/Arquivo

O músico é acusado pelo assassinato de um turista argentino em 2017.

Justiça do Rio de Janeiro negou um pedido de relaxamento de prisão para Toddy Cantuária, nesta segunda-feira (28). O músico é acusado pelo assassinato de um turista argentino em 2017.

De acordo com o colunista do Globo, Lauro Jardim, o ex-integrante do grupo de pagode Karametade foi filmado ao lado de três homens em uma briga com Matías Carena, de 28 anos, que caiu desacordado na saída de uma casa noturna em Ipanema.

A defesa do músico tenta converter sua pena para o regime semiaberto. Mas o pedido foi negado pela 3ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *