Mesmo atacado, Edinho mantém debate com propostas

Mesmo atacado, Edinho mantém debate com propostas
Em debate na EPTV, candidato sofreu ataques do grupo político que governa Araraquara, mas manteve a linha de apresentar propostas para reorganizar a cidade

10.25| 27SET2016
Edinho Silva

O candidato a prefeito Edinho Silva, da coligação “O Melhor para Araraquara” (PT, PP, PR e PCdoB), participou no domingo (25) do debate com outros quatro candidatos no estúdio da EPTV Central, em São Carlos. No debate, transmitido ao vivo pela EPTV, Edinho novamente foi alvo de ataques disparados pelos adversários, todos pertencentes ao grupo político que governa a cidade há oito anos. Mesmo assim, manteve a linha de debater propostas para que Araraquara volte a funcionar.

“O grupo político que governa Araraquara há oito anos, e que está dividido aqui em várias candidaturas, quer fazer o debate nacional porque não consegue debater a cidade, que foi destruída por eles. Não conseguem explicar por que o Programa Jovem Cidadão terminou, o motivo do fechamento do Pronto Socorro do Melhado ou a falta de medicamentos nos postos de saúde”, declarou Edinho.

Edinho reforçou seu compromisso com a volta de políticas sociais extintas pela administração municipal, como as Oficinas Culturais, as Escolinhas de Esportes, os Cursinhos Populares e as Frentes da Cidadania.

“Vamos retomar as Incubadoras de Empresas, para apoiar novas iniciativas e gerar empregos, além de fortalecer os corredores comerciais, terminar o novo contorno ferroviário, retomar a Usina de Asfalto e reorganizar a saúde. Se lidero as pesquisas, é porque a população compara a minha administração com a que vocês fizeram e reconhece o trabalho realizado”, disse Edinho, durante o debate.

Face to Face

Na manhã de segunda-feira (26), Edinho participou do programa Face to Face, transmitido ao vivo no Facebook (/EdinhoSilvaAraraquara), respondendo a perguntas de internautas sobre temas levantados no debate.

Edinho esclareceu que vai recuperar a capacidade de investimento do DAAE, para evitar que seu sucateamento por erros administrativos leve a autarquia para o mesmo caminho da CTA, que teve suas linhas privatizadas. “A falta de água em bairros da cidade, fato que nunca havia ocorrido, é resultado do enfraquecimento do DAAE”, explicou.

O candidato também esclareceu que a reabertura do Pronto Socorro do Melhado é fundamental para reorganização da saúde, já que cada uma das três UPAs tem oito leitos. Ou seja, as três unidades somadas oferecem 24 leitos à população em três bairros, menos do que os 40 leitos que estavam disponíveis em seu governo na unidade do Melhado.

“E não tem três UPAs funcionando na cidade, apenas uma, a da Via Expressa. E o cenário é de guerra, com gente sentada no chão, sobre macas, horas de espera. Isso é um desrespeito à população de Araraquara. Quem toma uma medida como o fechamento daquele Pronto Socorro não tem sensibilidade para entender o sofrimento do povo”, avaliou Edinho.

Sobre o laudo apresentado para justificar o fechamento do PS do Melhado, com o argumento de que a unidade estava ao lado de um córrego e de uma indústria, Edinho lembrou que era apenas um parecer e não uma determinação jurídica. “A prefeitura deveria ter coragem de apresentar argumentos e contestar o laudo. Mas, pelo contrário, simplesmente fecharam o Pronto Socorro do Melhado para destruir uma marca de meu governo e desorganizaram a saúde em Araraquara”, disse.

Edinho esclareceu ainda que a Semana da Diversidade Sexual vai voltar, com debates sobre saúde, direitos civis e atividades culturais, e que as novas Frentes da Cidadania, que foram alvo de contestação do Ministério Público sobre a forma de contratação dos trabalhadores, serão retomadas após trabalho conjunto com o MP, para que sejam executadas dentro da legalidade.

Por fim, Edinho comentou sobre os ataques que sofreu dos demais candidatos à prefeitura, reafirmando que vai manter a campanha em alto nível, com propostas, como sempre fez durante sua vida política. “Pelo contrário, eu é que sempre fui vítima de panfletos e cartas anônimas”, concluiu.

idnews-usa_portal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *