PF faz ação para apurar vazamento de informações sigilosas

| IDNews | Agência Brasil | São Paulo|Daniel Mello

IDN/Polícia Federal

A Polícia Federal cumpre hoje (29), no Estado de São Paulo, dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão para apurar o vazamento de informações durante a Operação Homônimo, deflagrada em abril de 2018. A Receita Federal também participa das ações. Segundo a PF, membros de uma das organizações criminosas que faziam contrabando de cigarros tiveram acesso a informações sigilosas.

Contrabando de cigarros

A Operação Homônimo foi realizada no ano passado com o objetivo de desarticular duas organizações criminosas em quatro estados especializadas em contrabando de cigarros do Paraguai. Na ocasião foram apreendidos mais de 4 milhões de maços de cigarro. Também foram efetuadas 17 autos de prisões em flagrante.

A Polícia Federal estimou em R$ 14 milhões o prejuízo aos cofres públicos com os tributos sonegados. Um policial militar chegou a ser preso preventivamente. A PM, que vinha acompanhando os trabalhos, participou da detenção do integrante da corporação.

Edição: Fernando Fraga

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *