Quatro alimentos que te envelhecem e saiba por que

Quatro alimentos que te envelhecem e saiba por que

| IDNews |Via Metrópoles/Paula Filizola

A base do bom funcionamento do organismo é a renovação celular, mas alguns hábitos alimentares bastante comuns comprometem esse processo

IDN/Gastronomia

A alimentação correta é fonte de nutrientes. Por isso, o consumo equilibrado de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais é capaz de potencializar o bom funcionamento do organismo, aumentando as respostas imunológicas e evitando o envelhecimento precoce. Dessa mesma forma, hábitos de alimentação que não saudáveis terão repercussões negativas na sua saúde.

O funcionamento do corpo depende da renovação constante das células, ou seja, células velhas e menos funcionais dão lugar a células mais jovens e mais atuantes. Esse processo de renovação, por sua vez, é dependente de nutrientes que vêm da alimentação. “Se uma dieta é incapaz de prover os nutrientes em quantidades adequadas, pode haver prejuízo neste processo. Se existe ineficiência no processo de renovação, há propensão para o acúmulo de células velhas. A consequência é o envelhecimento da aparência”, explica o nutricionista clínico funcional Guilherme Schweitzer.

Sabe-se hoje, na nutrição, que uma alimentação inadequada – rica em açúcares, farinhas refinadas, gorduras hidrogenadas, óleos vegetais com alto grau de refinamento, alimentos ultraprocessados, ausência de fibras, com poucas gorduras da série ômega 3 – instaura um quadro inflamatório e, consequentemente, agrava o processo de envelhecimento.

“Hábitos não saudáveis, somados, prejudicam o correto funcionamento corporal. A forma com que envelhecemos, devagar ou rapidamente, com ou sem saúde, é pautada no conjunto de hábitos que implementamos diariamente”, argumenta o profissional.

Isso significa que alguns alimentos, principalmente os ultraprocessados, são bem piores, funcionando como gatilhos. Esse grupo alimentar é constituído basicamente por criações industriais feitas artificialmente, com cinco ou mais ingredientes que não estão disponíveis in natura para consumo. Esses produtos incluem, em sua maioria, aditivos como corantes, estabilizantes e realçadores de sabor.

Com base nisso, o nutricionista Omar de Faria Neto elencou alimentos que contribuem diretamente para o envelhecimento das células. A salsicha é um dos piores, porque tem muitas substâncias que geram câncer e muito corante para chegar à coloração artificial alaranjada. Originalmente, a cor da salsinha é verde, porque é feita de diferentes tipos de carne, sangue e tecido mole. “Um estudo do British Medical Journal alega que, a cada unidade de salsicha, há uma redução de 15 minutos de vida”, afirma o especialista.

Entre as piores escolhas alimentares para a saúde, o nutricionista ressalta uma queridinha dos consumidores: a batata frita. Segundo ele, as porções de batata nunca são pequenas e, por isso, possuem uma carga glicêmica alta. Além disso, o especialista explica que o óleo usado no processo de fritura, combinado a altíssimas temperaturas, gera substâncias cancerígenas, como a chamada acrilamida.

Omar destaca ainda a margarina, que é considerada extremamente perigosa para doenças cardiovasculares. “Para se ter uma ideia, é um alimento que cria bolor e nem inseto ou bicho quer comer”, afirma Omar. Para finalizar a lista dos principais vilões alimentares: o refrigerante, que é extremamente ácido, tem alto índice de açúcar e corantes.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *