Tucano acusa Alckmin de usar a máquina para favorecer Doria

Tucano acusa Alckmin de usar a máquina para favorecer Doria

Alckmin está claramente em um caminhar para um certo tipo de autoritarismo que contraria a história do PSDB”, diz Madeira

O governador Geraldo Alckmin foi acusado pelo coordenador da campanha presidencial de Aécio em 2014 e um dos fundadores do PSDB, o ex-deputado Arnaldo Madeira, de favorecer a candidatura de João Doria à prefeitura de São Paulo com o uso da máquina pública segundo o jornal Folha de S. Paulo. Madeira apoia a pré-campanha de Andrea Matarazzo nas prévias tucanas.

“O governador que joga pesado para favorecer esse candidato [Doria] é o mesmo que está escondendo dados do governo”, diz Madeira. “Ele esconde dados da Sabesp, do Metrô, não diz os dados de segurança de forma adequada. Alckmin está claramente em um caminhar para um certo tipo de autoritarismo que contraria a história do PSDB”, continua o ex-deputado em entrevista à Folha.

Ainda segundo a reportagem, Madeira comenta ainda ter ouvido relatos de ameaças feitas a funcionários do governo: “O governador está se afastando de um comportamento histórico do PSDB para ter um comportamento autoritário, de uso da máquina. Ele não aceita a crítica e não gosta de quem pensa diferente dele”.

Ao ser procurada pelo jornal, a assessoria do governador afirmou: “Nós duvidamos que Arnaldo Madeira, ex-secretário da Casa Civil do governador Alckmin, tenha feito esse tipo de declaração”.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *