Saúde & Cuidados

Veja como fortalecer a imunidade das crianças para enfrentar dias frios

Especialista alerta para o risco de doenças causadas pelo vírus sincicial durante o outono e o inverno

Por:  Rafael Damas


Durante o outono e o inverno, os dias mais secos e frios entram e cena e acendem o alerta dos pais no cuidado com os filhos. Nessa época, há um aumento na circulação de vírus responsáveis por doenças respiratórias, como a bronquiolite, gripe e pneumonia, tornando bebês e crianças os principais ‘alvos’ das enfermidades.

Neste período, o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) tem sido conhecido como o “vilão” predominante. O VSR, é pertencente ao gênero Pnemovírus, considerado como sendo um dos principais agentes causadores de infecção aguda das vias aéreas inferiores e, por esse motivo, acomete os brônquios, bronquíolos e pulmões. Os casos de infecções são mais frequentes no final de outono, durante o inverno e no início da primavera, ou seja, entre maio e setembro.

Segundo Juliana Vieira de Paiva, coordenadora do curso de Biomedicina da Faculdade Anhanguera, é nessa época do ano que as pessoas se deparam com baixa umidade do ar e mudanças bruscas de temperatura, sendo esses os principais fatores que induzem ao aumento da incidência das doenças em crianças.

A docente ainda destaca a importância da observação constante dos pais nos sintomas das enfermidades dos filhos, visto que, o VSR assemelha-se a um resfriado comum, mas que pode evoluir para formas graves de bronquiolite e pneumonia. “A infecção pode progredir para formas mais severas, resultando em bronquiolite e pneumonia. Por isso, é crucial prestar atenção à presença de febres altas, tosse intensa, dificuldade para respirar, coloração azulada dos lábios e unhas (cianose), e chiados no peito (sibilos)”, analisa.

Algumas dicas são sempre úteis para manter a imunização das crianças. Dentre elas, a professora destaca cinco:

Vacinação 

Seguir o protocolo vacinal e não se esquecer de manter o cartão de vacinas em dia;

Brincadeiras ao ar livre 

Estimular que as crianças façam atividades em ambientes abertos e com luz solar e que tenham horas de sono adequadas para o fortalecimento da imunidade.

Alimentação saudável 

Evitar consumo excessivo de guloseimas e alimentos que não oferecem os nutrientes necessários para a criança;

Evitar locais fechados e aglomerações 

Sabe-se que a veiculação viral nesses ambientes e nessa época do ano são fatores importantes para a disseminação das doenças;

Cuidados básicos de higiene 

É fundamental lavar as mãos frequentemente com água e sabão (antes das refeições e após alguma atividade ao ar livre, por exemplo).

| IDNews® |Beto Fortunato |  NMBR |Brasil|

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *