Discussões da SIPAT 2017 mobilizam a Câmara Municipal

Discussões da SIPAT 2017 mobilizam a Câmara Municipal
No primeiro dia da Semana, o tema abordado foi “Ginástica Laboral” …

07JUL2017|  8h27 - IMPRENSA CAM

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (SIPAT) da Câmara Municipal, organizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e pela Escola do Legislativo, ocorreu de 28 a 30 de junho no Plenarinho da Câmara. A SIPAT contou com a participação de servidores, funcionários comissionados, assessores, terceirizados e vereadores da Casa de Leis, que desfrutaram de uma oportunidade de aprender, tirar dúvidas e refletir sobre hábitos que afetam o bem-estar individual e coletivo tanto no ambiente de trabalho quanto fora dele.

“A promoção da SIPAT é uma das atribuições da CIPA”, explica Carlos Eduardo Benedicto, presidente da Comissão. “Para este ano, escolhemos, em parceria com a Escola do Legislativo, três temas que visam a melhorar o ambiente de trabalho”, acrescenta.

No primeiro dia da Semana, o tema abordado foi “Ginástica Laboral”. Os palestrantes foram a professora Andrea Corrêa Carrascosa e os estudantes Gabriela Figueiredo Silva e Octavio Volpe, todos do curso de Fisioterapia da Uniara. A ginástica laboral consiste em uma série de exercícios fáceis de praticar no próprio ambiente de trabalho, os quais requerem pouco tempo e espaço, porém proporcionam grandes benefícios à postura e ao sistema muscular, prevenindo dores e problemas graves, principalmente na coluna vertebral. A professora destaca a importância da interação entre a universidade e a comunidade: “Os alunos acabam trazendo as informações que obtêm na universidade diretamente para a população usuária, neste caso, os trabalhadores, que podem utilizar essas informações no dia a dia, prevenindo-se de lesões e outras complicações durante o trabalho”.

O segundo tema tratado foi o “Meio Ambiente e nossas Responsabilidades”, palestra ministrada pela arquiteta e urbanista Lívia Goes Martins, que chamou a atenção dos participantes para ações cotidianas praticadas em casa e no trabalho que podem melhorar ou piorar a situação ambiental da cidade e do planeta como um todo. “Buscamos abordar pontos como poluição e reciclagem de lixo, que não são de desconhecimento completo da população, mas que são deixados de lado porque nem sempre temos tempo de parar para compreender e aprofundar nosso conhecimento no assunto”, explica Lívia.

A última palestra abordou a polêmica questão de “Assédio Moral e Discriminação no Ambiente de Trabalho”, com apresentação do técnico em segurança do trabalho Ivo Carpini Martinez. Ele esclareceu vários aspectos que envolvem o assédio moral, como a regularidade e a repetição de ofensas, humilhações e situações vexatórias que podem causar grandes danos ao trabalhador e ao ambiente de trabalho. “É preciso tomar cuidado porque uma simples bronca ou cobrança isolada de um chefe não caracteriza um assédio. O assédio moral é fundamentado por ações repetitivas. O funcionário é agredido com gestos, palavras e ações constantemente”, explica. Em caso de uma situação constatada de assédio, Martinez aconselha: “A pessoa agredida deve procurar ajuda, denunciar, buscar apoio de família e colegas, apoio profissional de um psicólogo, advogado ou do sindicato, do Ministério Público ou de uma Delegacia Regional do Trabalho. O que ela não pode é sofrer em silêncio, pois isso acarretará um grande dano à sua qualidade de vida, levando a doenças ou até mesmo à morte”.

A avaliação da SIPAT foi positiva. “Todos os temas foram importantes, mas o que mais me marcou foi o meio ambiente”, afirma o diretor financeiro Carlos Henrique de Oliveira, que completa: “Pretendo, inclusive, mudar algumas coisas nos meus hábitos de vida e utilizar muitas das informações que recebi no meu dia a dia”. O presidente da Câmara Municipal, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), concorda com o colega e acrescenta: “A presidência apoiou a CIPA na organização da SIPAT com o intuito de que os servidores se fizessem presentes para acompanhar as palestras, o que efetivamente aconteceu. Esperamos todos ansiosos pela próxima, no ano que vem”.

Os vereadores Roger Mendes (PP), Thainara Faria (PT) e Paulo Landim (PT) participaram das atividades da SIPAT.

Confira as fotos no site: https://flic.kr/s/aHskZyY2E7

About Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Um comentário em “Discussões da SIPAT 2017 mobilizam a Câmara Municipal

  • 12 de julho de 2017 em 12:12
    Permalink

    Que animação esta SIPAT hein. Parabéns!
    Este é um dos principais eventos para levar orientação e conscientização!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *