Após compra cancelada de respiradores, metade dos valores pagos foram ressarcidos aos cofres públicos

Após compra cancelada de respiradores, metade dos valores pagos foram ressarcidos aos cofres públicos

Informação foi dada em resposta a Requerimento de autoria do vereador Lineu Carlos de Assis (Podemos)


No início da pandemia de Covid-19, a Prefeitura comprou 25 respiradores eletrônicos pulmonares, no valor de R$ 4,1 milhões de reais. Para a efetivação do negócio, foi paga uma entrada de R$ 1.049.687,50.  Porém, a empresa contratada não entregou os equipamentos e o Executivo requereu judicialmente o ressarcimento dos valores já pagos. Contudo, o vereador Lineu Carlos de Assis (Podemos) encaminhou o Requerimento nº 83/2021 à Prefeitura, solicitando informações sobre a devolução dos valores já pagos.

Em resposta, foi informado que R$ 526.774,49 já retornaram aos cofres públicos, mediante o processo legal movido pelo Município de Araraquara. No documento, a Procuradoria Geral afirmou também que continuará a acompanhar o caso mencionado até o final do julgamento e a devolução do valor restante, ou seja, R$ 522.913,01.

Quanto à destinação dos recursos, conforme informação da Secretaria Municipal de Saúde, os valores ressarcidos já foram utilizados no combate à Covid-19 e o que ainda será devolvido também será utilizado em ações com a mesma finalidade.

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *