Condições de trabalho de enfermeiros da Fungota são discutidas na Tribuna Popular

Condições de trabalho de enfermeiros da Fungota são discutidas na Tribuna Popular

| IDNews| Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara |

Quem representou a categoria foi o agente de saúde Claudemir Conte

IDN/Interior/Araraquara

Durante a 123ª Sessão Ordinária, representando os enfermeiros da Fundação Municipal Irene Siqueira Alves “Vovó Mocinha”, a Maternidade Gota de Leite (Fungota), Claudemir Conte falou na Tribuna Popular sobre a carga horária dos funcionários da maternidade e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município.

Segundo Conte, o artigo 11 da Lei Municipal nº 6.251, de 19 de abril de 2005 (Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos da Prefeitura do Município de Araraquara) estabelece que os servidores investidos nos empregos públicos de enfermeiro, enfermeiro do trabalho, agente de enfermagem e agente de enfermagem do trabalho devem cumprir jornada de 30 horas semanais, todavia os servidores da Fungota trabalham 36 horas semanais.

Nesse sentido, ele pediu o apoio dos 18 parlamentares para regulamentar a jornada. “Eu já solicitei agenda com o Prefeito para tentar solucionar a situação e, quando for marcada a reunião, convidarei todos vocês”, disse aos vereadores.

O participante da Tribuna Popular também destacou a importância de assegurar condições dignas de trabalho aos enfermeiros. “Na enfermagem, as pessoas correm riscos, e o enfermeiro não pode ficar sobrecarregado. Um erro pode custar uma vida, tanto a do paciente quanto a do próprio profissional. Estamos no ‘Setembro Amarelo’ e precisamos falar sobre o número de casos de suicídios entre os profissionais da saúde.” Ao final, Conte ainda lembrou que os conselhos da área têm tentado regulamentar a profissão em nível nacional

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *