Condições de trabalho dos agentes de combate à dengue são questionadas

Condições de trabalho dos agentes de combate à dengue são questionadas

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara

O requerimento é de autoria do vereador Elias Chediek

IDN/interior/Araraquara

Na sexta-feira (27), o vereador Elias Chediek (MDB) protocolou o Requerimento nº 368/2020, que questiona o Executivo sobre as condições de trabalho pelas quais estão submetidos os servidores que atuam no combate e controle à dengue. Segundo o parlamentar, diversas denúncias feitas em seu gabinete apontam situações precárias de trabalho.

Nos relatos, há alegação de más condições de higiene no local de trabalho, pois não há sabonetes, tampouco papel higiênico nos banheiros. Para Chediek, esses materiais são imprescindíveis para a higienização de todo ser humano, em especial neste momento de combate à pandemia. “Se trabalhadores não tiverem a higienização adequada, poderão ser contaminados com a Covid-19, bem como por outras doenças e propagar aos moradores das residências que são vistoriadas por eles”, reiterou.

Além da falta de produtos de higiene, o vereador também relata que as denúncias apontam que os trabalhadores ficam aglomerados em uma sala com mais de 100 pessoas. “Sabemos que o isolamento e o distanciamento entre as pessoas são fundamentais nesta crise que estamos vivendo. Não podemos permitir que esses servidores sejam submetidos a aglomerações”, frisou o parlamentar.

A Prefeitura tem o prazo inicial de 15 dias para responder aos questionamentos, prorrogável por até 55 dias.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *