Por indicação de Yashuda, revitalização do Memorial da Imigração Japonesa homenageia Nelson da Nipo

Por indicação de Yashuda, revitalização do Memorial da Imigração Japonesa homenageia Nelson da Nipo
     “É impossível falar do desenvolvimento de Araraquara e do Brasil e não falar da força e da cultura da imigração japonesa, que...

17:47 |ID News|2018AGO08|

A revitalização do Memorial da Imigração Japonesa, localizado na Vila Ferroviária, foi entregue na noite desse sábado (25). Por indicação do presidente da Câmara, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), o Memorial recebeu o nome de Nelson Chinço Cuniyochi, em homenagem ao “Nelson da Nipo”.

A solenidade contou com as presenças do prefeito Edinho Silva, o presidente da Câmara, Jéferson Yashuda Farmacêutico, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), Dimas Ramalho, o presidente da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Araraquara, Sérgio Tanizaki, o presidente da Associação Okinawa, Tokio Asato e familiares do homenageado.

O memorial foi construído em 2008, pelo prefeito Edinho Silva, em comemoração ao centenário da imigração japonesa no Brasil — 2018 marca o aniversário de 110 anos. Entre os serviços executados pela Prefeitura, estiveram o reparo e a substituição do piso, serviços de paisagismo, recuperação dos bancos, pintura, retirada de poluição visual, manutenção da parte elétrica e limpeza.

“É impossível falar do desenvolvimento de Araraquara e do Brasil e não falar da força e da cultura da imigração japonesa, que completa 110 anos e trouxe muito valor e significado para nós. E a história do ‘Nelsinho da Nipo’ se confunde com a história das entidades que valorizam a colônia japonesa em Araraquara, Nipo e Okinawa. Uma homenagem muito justa”, afirmou o prefeito. O presidente da Câmara agradeceu ao prefeito pelo apoio. “Seria impossível destacar a cultura japonesa sem o apoio do Edinho Silva”, lembrou.

O conselheiro do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) Dimas Ramalho reforçou a importância da colônia japonesa. “Esse memorial tem um simbolismo, que é lembrar das pessoas que fizeram muito por Araraquara. E o Nelsinho agregava todas as pessoas”, disse. Em nome da família, Fabiana, filha de Nelson, também agradeceu pela homenagem. “Com certeza, ele está muito feliz agora”, disse.

Biografia
Nelson Chinço Cuniyochi, o Nelson da Nipo, nasceu em Araraquara, em 1951, e morreu em 13 de dezembro de 2016, aos 65 anos. Era casado com Rosa e pai de Reinaldo, Rogério e Fabiana.

Nelsinho foi vice-presidente e presidente da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Araraquara, além de ter sido presidente da Associação Okinawa de Araraquara.

Também esteve ligado a eventos beneficentes na cidade e, como membro da diretoria das associações Nipo e Okinawa, foi o responsável pela realização de eventos tradicionais, como o Festival Tanabata, a Noite do Sukiyaki, a Noite do Yakisoba e os bingos da Nipo, tendo sido um grande incentivador da cultura japonesa.

Comunicação Social de Araraquara

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *