Resolução do problema do antigo Tropical Shopping

Resolução do problema do antigo Tropical Shopping   
Vale ressaltar que a área abandona também foi a leilão, com o inicio em 30 de maio e término dia 14 de junho
8:04| 03/06/2016
Shopping

O vereador Aluisio Braz, Boi acompanhou na manhã dessa quinta feira (2) a limpeza da parte abandonada do antigo Tropical Shopping. O coordenador de Vigilância em Saúde, Feiz Mattar, também presenciou os trabalhos e ambos ficaram satisfeitos com o que viram.

O vereador lembrou que, desde 2014, o município vem tentando resolver o problema da situação de abandono, através de um acordo, mas, sem sucesso o problema foi se agravando. Os moradores da região temiam a presença de criminosos que usavam o local para traficarem e utilizarem drogas, além de reclamarem de focos do mosquito da dengue.

“Enquanto vereador e secretário de Governo, trabalhei bastante para resolver essa situação. O poder público fez o possível, mesmo sabendo que não dependia muito dele. Mas, hoje, me sinto satisfeito em saber que os esforços compensaram e que os proprietários chegaram a um acordo; o local será todo limpado, cercado e terá segurança”, afirmou Aluisio.

Vale ressaltar que a área abandona também foi a leilão, com o inicio em 30 de maio e término dia 14 de junho. O espaço foi avaliado em R$ 7 milhões e, caso não encontrem um comprador, outra fase deverá ser iniciada.

O responsável por supervisionar a limpeza do antigo Shopping, Sebastião Clementino, informou que aproximadamente 15 pessoas fazem a limpeza do local, separando todo o lixo, conforme exigência do Ministério Público. De acordo com Clementino, a previsão é que sejam retiradas cerca de 400 toneladas de lixo, fora o material reciclado, onde cooperados da Acácia estão dando destino certo.

“Este local já estava causando muito problema para os moradores. Nós da vigilância batíamos ponto, pois tínhamos a preocupação, principalmente, com os objetos descartados pelos andarilhos que poderiam acumular água e, desta forma, causar doenças como a Dengue, chikungunya e Zica” explicou Mattar. “O trabalho que o prefeito Marcelo e o vereador Boi fizeram, junto aos proprietários e o Ministério Público foi fundamental para que essa ‘novela’ chegasse ao fim.”

O vereador Aluisio também reforçou que, “hoje, o espaço já está sendo mudado; a sensação de abandono está sendo substituída pelo trabalho dessas pessoas que, juntas, ganham seu sustento e fazem as melhorias da área”, explicou.

”Lembrando que durante todo o processo de negociação conseguimos reaver cerca de R$ 700 milhões de impostos cobrados dos proprietários que, em breve, que serão retornados à população.”

IDNews-Usa_Portal

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *