Vereador pede apoio a projeto que corrige distorção de remuneração na Polícia Militar

Vereador pede apoio a projeto que corrige distorção de remuneração na Polícia Militar
Diferença excessiva entre postos e graduações pode ser corrigida com aprovação da proposta

8:17 |Assessoria de Imprensa | 2018JUN14  |

As distorções nas remunerações entre postos e graduações da Polícia Militar do Estado de São Paulo podem ser corrigidas com uma Emenda à Constituição do Estado de São Paulo, que tramita na Assembleia Legislativa. É a necessidade de aprovação da proposta o objetivo da Moção de Apoio, de autoria do vereador e vice-presidente da Câmara, vereador Tenente Santana.

A Moção foi apresentada na Sessão Ordinária de terça-feira, dia 12, no Plenário da Câmara Municipal de Araraquara. Tenente Santana aponta no documento que a emenda limita em até 10% a diferença de remuneração entre postos e graduações na Polícia Militar. “Isso corrige uma enorme distorção entre os postos de 1º e 2º Tenente, onde a diferença de remuneração é de 30,03%, mesmo com os dois exercendo a mesma função”, comentou Santana.

“Acredito que a medida faz justiça, corrigindo uma distorção que perdura já há algum tempo. Por isso a importância de sua aprovação. Estou pedindo que a Moção seja encaminhada ao Deputado Estadual Cauê Macris, presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e para as lideranças dos partidos políticos com representação na ALESP, em apoio à proposta”, destacou o vereador Tenente Santana.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *