Artigo acadêmico embasa criação do Museu da Roça de Bueno de Andrada

Artigo acadêmico embasa criação do Museu da Roça de Bueno de Andrada
Estudo do programa de pós-graduação para mestrado em Ciência da Informação pela UFSCar projeta o primeiro museu regional do homem do campo e no meio rural paulista em Araraquara

7:59 |THÉO BRATFISCH | 2018JUN07 | 

Tomando-se por base para o desenvolvimento do artigo acadêmico, a análise da implantação do Museu da Roça de Bueno de Andrada, também se justifica numa perspectiva Sócio-Histórica para estudos da pragmática cultural no Século XXI.

O patrimônio cultural rural é o conjunto de registros de materiais e imateriais decorrentes das práticas, dos costumes e das iniciativas produtivas que se estabelecem, historicamente e territorialmente, na área rural. “O movimento do sujeito acompanha o processo histórico, isso significa que o homem é construído num processo que ele mesmo constrói. A fim de compreender essa dinâmica buscamos estabelecer uma aproximação entre os principais conceitos da concepção vygotskyana com os jogos de linguagem de Wittgenstein”, esclarecem, os autores desse trabalho, o publicitário Théo Bratfisch em dupla com a psicóloga Ariele Rodrigues.

Sob a orientação da professora doutora Luciana Gracioso, através da disciplina Filosofia da Linguagem e Ciência da Informação, o estudo utilizou-se de pesquisa exploratória videográfica empírica e de registros fotográficos, com o objetivo de embasar a elaboração da implantação do primeiro museu regional do homem do campo e no meio rural paulista, com a finalidade de captar a historicidade, memória, identidade, sentidos e significados que o homem do campo emprega em seu cotidiano, utilizando-se de duas casas centenárias na antiga sede da fazenda do Horto, desmembrada para formar o assentamento rural Horto de Bueno. Esse trabalho visa embasar, através de estudos para mestrado, o projeto científico do núcleo museológico e o plano diretor do Museu da Roça de Bueno de Andrada, que deverá compreender um Centro Cultural com diversos cursos gratuitos para todas as idades e se tornar referência como ponto de venda regional de artesanatos e produtos artesanais no interior paulista, com restaurante gourmet caipira. Tem por objetivo gerar renda extra aos pequenos produtores rurais que desenvolvem agricultura familiar nos assentamentos rurais no município, além de alavancar o turismo rural nas pequenas propriedades rurais no entorno do equipamento cultural e turístico.

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSCar tem como área de concentração, Conhecimento, Tecnologia e Inovação. Trata-se do primeiro Programa de Ciência da Informação cuja área de concentração contempla a Inovação. O PPGCI/UFSCar tem como intuito desenvolver o estudo crítico e analítico dos processos e das metodologias utilizados para tornar a informação disponível e acessível, permeadas pelo uso das tecnologias, visando gerar, analisar e difundir a construção de novos conhecimentos e práticas, nas esferas científica, tecnológica e social, com especial destaque ao papel da gestão, organização, representação, produção, acesso e uso da informação como estratégia inovadora para a construção e difusão do conhecimento.

A criação do Museu da Roça de Bueno de Andrada se trata de uma parceria que vem sendo estabelecida entre a ABATur – Associação de Bueno de Andrada para Cultura e Turismo Rural com a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP), dentre as parcerias relevantes, com a UFSCar e a Universidade de São Paulo – USP Ribeirão Preto.

Rafael de Angeli faz nova manifestação contra a política de preços dos combustíveis

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *